New drugstore levitra australia online tablets-au.com with a lot of generic and brand medicament with cheap price and fast delivery.

Des.uem.br

Centro de Ciˆencias Exatas - Departamento de Estat´ısticaP´os-gradua¸c˜ao em EnfermagemDisciplina: Bioetat´ısticaExerc´ıcios Aula 1 - Prof. Dr. Robson M. Rossi 1. Indique qual forma de pesquisa foi utilizada nos seguintes problemas: (a) ”Viagra para os diab´eticos” (Revista isto ´e, no 1535 de 03/03/1999 ) - A famosa p´ılula azul pode tamb´em ser eficaz para diab´eticos que tem a fun¸c˜ao er´etil comprometida. Estudos preliminares haviam descartadosa eficiˆencia do Viagra nesses casos. Mas uma pesquisa realizada com 268 homens pela Universidade deCreighton, nos Estados Unidos, mostrou que 56 % dos pacientes que tomaram Viagra tiveram melhorascontra 10% dos que ingeriram placebo.
(b) Um estudo foi conduzido em um grupo de gˆemeos monozigotos e dizigotos do mesmo sexo, sendo que um gˆemeo do par tinha cˆancer no c´olon e o outro n˜ao. Todos foram amostrados de universidades do sudoestedos Estados Unidos durante um per´ıodo de 5 anos. Informa¸c˜oes sobre o teor de fibras da dieta foramcoletadas para cada um dos indiv´ıduos afim de estimar seu efeito na ocorrˆencia do cˆancer no c´olon.
(c) Durante o ano de 1982, identificou-se cada crian¸ca nascida na cidade de Pelotas e procedeu-se `a revis˜ao dos registros de nascimento com o objetivo de conhecer, entre outras vari´aveis, o peso ao nascimento. Ascrian¸cas eram classificadas em dois grupos (peso normal 2.300g e baixo peso < 2.300g) sendo seguidas porum ano. Ao final deste per´ıodo comparou-se a mortalidade infantil nos dois grupos.
(d) Com o objetivo de avaliar uma poss´ıvel associa¸c˜ao entre uso de reserpina e cˆancer de mama, forma iden- tificadas 100 pacientes internadas por cˆancer de mama (casos novos) em um hospital geral durante umper´ıodo de dois anos. Estas pacientes foram entrevistadas sendo colhida a informa¸c˜ao quanto ao uso pr´eviode reserpina. Para cada caso eram entrevistados quatro controles, selecionados aleatoriamente dentro dogrupo de mulheres internadas por outros diagn´osticos durante o mesmo per´ıodo do caso.
(e) Todos os alunos de sete a 14 anos de idade, matriculados em duas escolas localizadas em plena Regi˜ao Amazˆonica, na ilha de Sirituba, no Estado do Par´a, foram examinados por odont´ologo. Foi encontrado umCPOD m´edio (n´ umero de dentes cariados, perdidos ou obturados) de 6,5, o que ´e considerado alto pelos especialistas. (Normando e Ara´ujo, 1990 ).
2. O artigo ”Soroconvers˜ao para HIV profissionais de sa´ ude ap´os acidente com material p´erfuro cortante de pacientes contaminados” (Cardoso et al. - N Engl J Med, n.337, p.485-90, 1997 ) apresenta a seguinte resumo: O risco de infecc¸c˜ao pelo v´ırus da imunodeficiˆencia humana (HIV) ap´os exposi¸c˜ao percutˆanea a sangue infectadopelo HIV ´e de 0,3%, mas fatores que influenciam esse risco n˜ao s˜ao bem conhecidos. Este trabalho investigou acondu¸c˜ao de um estudo em profissionais da sa´ ude com exposi¸c˜ao percutˆanea ocupacional a sangue contaminado com o HIV. Foram considerados casos aqueles profissionais que tornaram-se soropositivos (HIV+) ap´os o acidentesegundo registros nacionais da Fran¸ca, It´alia, Reino Unido e Estados Unidos. Os controles foram profissionaisda sa´ ude em acompanhamento ap´os acidente com sangue contaminado, mas que n˜ao tornaram-se HIV+. A an´alise de regress˜ao log´ıstica baseada em 33 casos e 665 controles mostrou que ferimentos profundos (OR=15),ferimento com objeto contendo sangue contaminado vis´ıvel (OR=6,2), acidente envolvendo um dispositivo queestivesse em art´eria ou veia (OR=4,3) e acidente com sangue de paciente que morre de AIDS nos dois mesessubsequentes (OR=5,6) ao acidente foram fatores de risco significativos para a soroconvers˜ao (tornar-se HIV+).
Significativamente menos casos do que controles usaram Zidovudina (AZT) ap´os o acidente (OR=0,19). O riscode infec¸c˜ao com o HIV ap´os exposi¸c˜ao percutˆanea ´e positivamente associado ao volume de sangue envolvido noacidente e, provavelmente, aos t´ıtulos de HIV no sangue do paciente fonte. A profilaxia com Zidovudina ap´os oacidente parece ser protetora.
Descreva os principais delineamentos experimentais na realiza¸c˜ao destas pesquisas: 10. T´ecnica(s) de amostragem a ser utilizada: 3. Deseja-se estimar a incidˆencia da hipertens˜ao arterial na gravidez. Quantas gr´avidas tem-se que observar para, com uma confian¸ca de 95%, estimar tal incidˆencia com um erro de 2% nos seguintes casos: (a) Sabendo que, em uma sondagem pr´evia, se observaram 9% de hipertensas.
(b) Sem nenhuma informa¸c˜ao pr´evia.
4. Da popula¸c˜ao extraem-se 50 unidades amostrais. Sabendo que a m´edia e o desvio-padr˜ao dessa amostra s˜ao 18 e 13, respectivamente, determine, a um n´ıvel de confian¸ca de 95%. O tamanho da amostra que limita o erro aum m´aximo de uma unidade.
5. Uma amostra piloto de 52 alunos da Novescolla indicou peso m´edio de 58 kg e desvio-padr˜ao de 9 kg.
(a) Qual o tamanho da amostra que, a 1% de significˆancia, gera uma estimativa com erro inferior a 2, 5 kg.
(b) Suponha que a popula¸c˜ao total ´e de 500 alunos, recalcule o tamanho da amostra.
6. Em uma amostra piloto de 10 indiv´ıduos obteve-se: ¯ x = 38, 44 oC e s = 3 em rela¸c˜ao a vari´avel de interesse: Temperatura do corpo humano. Para uma popula¸c˜ao de 5.000 habitantes determine o tamanho amostral paraestimar a m´edia de temperatura, com uma confian¸ca de 95%, com poder do teste de 80% e com um erro de nom´aximo 0, 5 oC.
7. Segundo a literatura m´edica, a taxa de cura de determinado tipo de cˆancer em 5 anos (ou seja, a propor¸c˜ao de pacientes que n˜ao apresentaram recidiva de cˆancer em 5 anos de tratamento) ´e de 50%. Um pesquisador desejatestar a hip´otese de que essa taxa de cura ´e aplic´avel na sua regi˜ao de trabalho. Que tamanho m´ınimo dever´ater a amostra, se esse pesquisador tem interesse em rejeitar a hip´otese nula somente se o valor real for inferior a50%, com uma seguran¸ca de 90% de que detectar´a uma taxa de 40% ao n´ıvel de significˆancia de 5%? (Adaptado- EPIDAT, 1997 ).
8. Stein (1984) estudou pacientes diab´eticos, atendidos no Hospital de Cl´ınicas de Porto Alegre, com o objetivo de uria (excre¸c˜ao excessiva de prote´ınas na urina) e presen¸ca ou n˜ao de retinopatia (doen¸ca degenerativa n˜ao-inflamat´oria da retina) ao n´ıvel de 5% de significˆancia. Os pacientes com uma taxa deprote´ınas menor do que 1g/L na urina foram reunidos no grupo denominado ”sem protein´ valores mais altos, no grupo ”com protein´ uria” na raz˜ao 2 : 1. Utilize os dados a seguir como uma amostra piloto para determinar o verdadeiro tamanho amostral, considerando um poder de 90%.
9. O baixo peso ao nascer ´e usado frequentemente para rastrear HPIV. Considerando essa informa¸c˜ao e os dados mostrados a seguir do peso ao nascer (g) de crian¸cas com HPIV. Descreva os dados: x1 = 1365; s=279; Normal, sim´etrica e Leptoc´ x2 = 1373; s=214; Normal, sim´etrica e Leptoc´ 10. Descreva os dados referentes a caracter´ıstica Tempo de rea¸c˜ao de indiv´ıduos perante um est´ımulo auditivo.
(b) A m´edia ´e representativa? justifique.
(c) Classifique quanto a assimetria e curtose.
(d) Obtenha uma faixa de referˆencia que compreenda 90% dos indiv´ıduos, i.´e., exclui 5% mais baixos e 5% mais altos valores (supondo que os dados sejam provenientes de indiv´ıduos sadios).
R. 0,114±1,64(0,0097) (e) Obtenha um intervalo com 95% de confian¸ca para a m´edia.
(f) Construa uma Tabela de frequˆencias iniciando no m´ınimo e de amplitude 0, 04. Indique os valores da classe 11. Relacionam-se a seguir os pesos (kg), ao nascer, de uma amostra de meninos nascidos de m˜aes que ingeriram um suplemento especial de vitaminas (com base em dados da Secretaria de Sa´ (a) a probabilidade da ao sortear um indiv´ıduo na popula¸c˜ao o mesmo ter peso superior a 3, 80 kg.
(b) a probabilidade da ao sortear um indiv´ıduo na popula¸c˜ao o mesmo ter peso inferior a 4, 0 kg (c) um intervalo de 99% de confian¸ca para a m´edia populacional, baseado na amostra.
12. As porcentagens do peso corporal (kg) ideal foram determinados para diab´eticos dependentes de insulina aleato- riamente selecionados e s˜ao mostrados a seguir: (a) Verifique a normalidade nos dados a 5% de significˆancia.
(b) Obtenha uma Faixa de Referˆencia de 95%, para o peso corporal.
(c) Obtenha um intervalo de 95% de confian¸ca para a m´edia populacional, baseado na amostra.
13. Um levantamento efetuado em hospital especializado em doen¸cas neopl´asicas revelou que em uma coorte de 12.000 mulheres, cujas idades variavam entre 40 e 50 anos, o n´ umero de pacientes com cˆancer mam´ario foi igual a 420. Obtenha intervalos de 95% e 99% de confian¸ca para a prevalˆencia de cˆancer de mama.
14. Em uma pesquisa de opini˜ao, entre 600 pessoas pesquisadas, 240 responderam ”sim” a determinada pergunta.
Estimar a porcentagem de pessoas com essa mesma opini˜ao na popula¸c˜ao, dando um intervalo de 95% deconfiabilidade. Dados: n = 600; X: ”no de pessoas que responderam sim” x = 240; α = 5%. 15. Em um estudo com dez pares de indiv´ıduos analisados antes-depois de se submeterem a uma dieta, observou-se d) e o seu respectivo desvio-padr˜ao, entre Antes e Depois.
(b) Determine o IC(µd) com 95% de confian¸ca.

Source: http://www.des.uem.br/docentes/robson/pdf/complementos/ExAula1.pdf

Instrucciones pre op

INSTRUCCIONES ANTES DE LA CIRUGIA Lavar el sitio de la operación durante 5 días seguidos con Pervinox jabonoso. Como ducharse el día previo a la cirugía. (Día 6)1. Tome una ducha como habitualmente los hace. 2. Mientras esta mojado con un cepillo suave embebido en Pervinox jabonoso limpie cuidadosamente desde la rodilla hasta la base de las costillas del lado a operar, incluyendo musl

Microsoft word - methodology.doc

Akademiska sjukhuset University Hospital Uppsala Revised 2003 10 20 / HJ Version No 16 Example Checklist for description of methods Parameters to be checked and if appropriate for the respective method, filled in according to local organisation and agreements. More parameters can be included if the local organisation demands. It is also possible to refer to general guidelines in various

Copyright © 2010-2014 Pdf Physician Treatment